Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » Welcome to the world!

Welcome to the world!

Os norte-americanos são conhecidos pela sua mania de grandeza. Justificável em alguns casos, diga-se. Tem no esporte uma paixão, como quase todos os povos do mundo, porém, neste caso, só enxergam o que é deles.  NBA, NFL, “Nnão sei o que” e pouco se importam com o que o mundo assiste.

Lá, não existe F-1. Existe IRL e Nascar. Talvez por mera cultura, talvez por medo de competir com algo de fora e peder, algo que pregam não existir em praticamente nada.

Mesmo com a Copa lá em 94, continuaram ignorando o futebol. Ops, Soccer.

O tempo passou, o mundo continuou girando e eles ousando suportar a sedução implacável da bola redonda.  Até que um dia, mais precisamente em 23/06/2010, foram obrigados a se render.

Milhões na TV, milhares nas ruas, euforia, choro, emoção… enfim, paixão!

Aprenderam, pela primeira vez, que o esporte mais fantástico do mundo não é deles e que isso não é demérito algum. Engoliram a seco uma paixão mundial onde são coadjuvantes. Num dia de protagonista, é claro. Mas, continuam codjuvantes.

Recebi diversos relatos e assisti videos mostrando a euforia do povo por causa da vitória.

Muito prazer, EUA. Isso se chama FUTEBOL, ou Soccer, como queiram.

Nele, o melhor nem sempre vence. Nele, há o imponderável, o imprevisível, motivo pelo qual, diga-se, vocês estão nas oitavas de final.

A “liga” dele não se limita a um país. Neste esporte o mundo todo conhece os jogadores de qualquer país. Nele, acompanhamos tudo, tod0s os dias, em qualquer idioma.

Por ele, o mundo pára, como jamais pararia por qualquer outro motivo.

O futebol, tão apaixonante a todos e ignorado por vocês, conseguiu.

Pela primeira vez o norte-americano abriu os olhos para algo internacional, onde ele não domina, sequer figura entre os candidatos a títulos.

Eu nunca gostei de vocês. Mas ontem, graças a bola redonda, torci a favor.

Incrível, né?

Até isso o futebol conseguiu.

Bem-vindos ao mundo, EUA! Agora sim, são parte dele, ainda que se considerem donos.

Sem a bola nos pés, me desculpem, nos parecem ETs.

abs,
RicaPerrone

Comentários