Home » Futebol » Lendas do futebol » “Vende se não eu prendo!”

“Vende se não eu prendo!”

traficante_optJogador de futebol é uma raça complicada. Ha pouco tempo, num grande clube, um jogador despontava como destaque na temporada. Meteu gol, jogava bem, a torcida gostando dele. Até que um dia, sem mais nem menos, a policia apareceu.

No clube, um dirigente recebeu um telefonema. E assim acabava a linda história do promissor craque e seu clube.

– Alo. É o XXXX?
– Sim, quem é?
– Delegado XXX.
– Pois não…
– Voce sabe o que o jogador XXXX anda fazendo nas horas de folga?
– Não…
– Ele brinca de ser  “olheiro” na favela, com uma metralhadora na mão…
– O que???????
– Pois é. To avisando. Resolve porque se não… vamos ter que prender.

Bom, o clube foi atrás. Era verdade.

Tentaram alertar o “garoto” sobre o absurdo que era jogar num time grande e se meter a fazer isso a noite na favela. Ele fez que concordou, mas… não tem jeito. Pau que nasce torto..

Passadas mais 2 semanas o delegado avisa, claramente. “Vende se não eu prendo!”.

E assim acabou a história do jogador no clube, que foi vendido dias depois, por uma oferta estranha, para um time distante, sem maiores explicações.

A torcida, coitada, achou que a diretoria era maluca de vender o sujeito naquele momento.

Mal sabiam os motivos…

Outras dessas historias? Clique aqui!

abs,
RicaPerrone

Comentários