Das raras situações no futebol onde só o que importa é vencer, jogar na altitude é disparado a mais decente delas. Ali não se avalia muita coisa a não ser se o time conseguiu ou não controlar o físico e a defesa.

Defesas, no caso. Diego Alves fez uma partida redentora após terminar 2018 numa situação absurda de se negar a ser parte do grupo e não o titular.

Rodrigo Caio deu ao Flamengo a dose de briga que o time buscava. Ele as vezes erra, mas ele nunca deixa de vibrar. Seu problema no São Paulo sempre foi esse: brigar num time morto e sem vergonha na cara.

Se pelas defesas ou por uma atuação magistral que evidentemente o torcedor apaixonado enxergará após o apito final, tanto faz. Na altitude, que é desumana as vezes, empatar é ótimo, vencer é incrível.

Para um Flamengo que sonha em fazer na Libertadores o que normalmente não faz, começar ganhando fora é um ótimo sinal.

Agora são 3 jogos em casa e toda chance do mundo de ser o primeiro classificado para a próxima fase.

Lembre-se, rubro-negro: a Libertadores se conquista. A idéia de “evitar perde-la” é sempre o maior problema do Flamengo. Em campo, na arquibancada e na mídia.

Tente ganhar esse ano. Ninguém perde o que não tem. Boa sorte!

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.