Home » Futebol » Clubes » Vasco » Um recomeço

Um recomeço

Se havia um cenário ideal era o 3×0, os pênaltis, a vitória e São Januário em êxtase vibrando com a virada do Vasco.  Era improvável, se tornou possível, passou pelo provável e terminou como um sonho quase alcançado.

A vaga não veio, mas hoje o Vasco buscou mais do que 2 gols de diferença.

Não por um jogo brilhante, mas por uma atuação digna da camisa que ostenta. E quando bem ostentada ela reage através de sua torcida. Os aplausos no fim são merecidos porque o Vasco é um clube que pode perder, desde que perca de cabeça erguida.

Já quase pisoteado na Bahia, o time conseguiu se reencontrar, mostrar algo bem melhor hoje e terminar em pé, mesmo que eliminado.

Clubes não vivem de vitórias. Vivem de grandeza, história, paixão e poder de reação.  Se o Vasco é hoje um clube estuprado pelos seus ex-presidentes e conselheiros, mais importante do que ganhar ou perder é se aproximar do clube que ele foi e deve ser sempre.

O time da virada. Pra hoje, faltou pouco. Pro Vasco, falta muito.  Mas é bom vê-lo recomeçar a temporada com cara de Vasco e não aquele saco de pancadas que entrou de férias em junho.

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!