Home » Futebol » Clubes » Corinthians » Um grande 0x0

Um grande 0x0

Dizem que não é possível e hoje vimos, de novo, que é. Um zero a zero pode sim ser o placar de uma grande partida.  Hoje, no Pacaembu, Corinthians e Santos criaram, brigaram, fizeram uma partida cheia de alternativas e lances de perigo. Ninguém fez, mas valeu o ingresso.

Eu confesso que nem esperava. O Corinthians vinha jogando mal e se classificou sem uma boa partida contra o Palmeiras. O Santos, que sofreu no México, está com a cabeça na Libertadores.

Num Paulistão que tem importância cirurgica pro Timão e terá apenas efeito moral pro Santos, era perfeitamente imaginável que o Corinthians tomasse mais a iniciativa.

No primeiro tempo, onde ninguém se lançou demais ao ataque, o Timão foi um pouco mais equilibrado em campo. Mas o Santos marcou bem, teve lá sua chance de gol até.

Perdeu Ganso, mais uma baixa que, assim como Elano na semana passada, pose custar caro na Libertadores. E quando todo mundo pensa: “Sem o Ganso complica”, surge Neymar e toda sua “marra” vira personalidade.

Pediu a bola, lançou, criou, driblou, chutou, fez o diabo!  O jogo que caminhava pra ser dominado pelo Corinthians foi novamente equilibrado. Nem diria pelo Santos, que pouco produziu, mas por Neymar, que foi o autor de 10 das 10 jogadas mais importantes do time no jogo.

Bolas na trave, chances claras, poucas faltas e uma arbitragem perfeita.

Assim foi o grande clássico do Pacaembú, que na minha opinião só terá sido um resultado “favorável” ao Santos se o time não perder na quarta. Até lá fica em aberto a idéia de quem se deu melhor com este 0x0.

A princípio, o Santos.

abs,
RicaPerrone

Comentários