Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Um Flamengo mais flamenguista

Um Flamengo mais flamenguista

Talvez Love não tenha nem 50% da qualidade técnica do Ronaldinho. Em campo, funciona o Love. E funciona porque joga num raro clube onde as coisas não tem nenhuma lógica.

Talvez ser rubro-negro atrapalhe, talvez ajude. Depende do jogador.

Fato é que pra aguentar a dose de irresponsabilidade e amadorismo do Flanengo é preciso amá-lo muito.

Ibson é Flamengo. Ibson é, pra mim, há anos, um dos melhores jogadores do país. Se não deu certo no Santos, não se espante. É comum acontecer com o Muricy.

Arouca e Borges, por exemplo, eram reservas dele no SPFC. Nem sempre as coisas funcionam como deveriam ser nas mãos do professor.

Sua contratação não vai deixar o time mais forte na defesa, talvez nem faça a diferença brutal que esperam no meio.  Ibson não é o Pelé, é apenas um grande jogador com potencial para ajudar muito, não para desequilibrar um campeonato.

Este papel caberia ao Ronaldinho, que não faz. Ibson, como Love, é pago para fazer diferença. Não para fazer “a diferença”.

E se esta diferença for em campo um Flamengo mais flamenguista, já valeu a pena.

Pois o atual, o que caiu nos dois campeonatos, não parece ter entendido bem a camisa que veste. Com estes, se não pelo talento, ao menos pelo exemplo, talvez entendam.

O Flamengo vive de paixão. Não tem uma boa administração, sequer paga em dia. Ou você o ama, ou se irrita.

É errado. Foda-se.

É assim que funciona o Flamengo. E assim funcionará melhor com Ibson, mais um rubro-negro de fato.

Daqueles que não sente o peso da camisa porque nasceu com ela.

Puta reforço!

abs,
RicaPerrone

Comentários