Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » Um belo problema

Um belo problema

Se o Brasil passar hoje pelo Chile, encaramos a Holanda, que hoje venceu a Eslováquia por 2×1. Não foi um show de bola, não. Aliás, a Holanda jogou até menos do que eu esperava. Mas algo neste time me preocupa.

O time holandês sempre foi cheio de atacantes, jogadores abertos e uma defesa que tomava 2 a cada 3 que fazia. Sempre fizemos jogos abertos contra eles, por isso levamos vantagem recentemente.

Mas, nesta Copa, a Holanda não apenas tem bons atacantes como anda privilegiando a defesa. Estão marcando forte, saindo em contra-ataque, se tornando mais pragmáticos e menos bonito de ver jogar.

Isso é perigoso, pois assim como o Brasil, quando se pega um time talentoso e conserta o sistema defensivo, o jogo fica bastante voltado apenas pro resultado. E normalmente ele aparece.

Vale pra eles, vale pra nós. Mas eles estão lá, nós ainda não.

Tem talento individual, tem bom passe, contra-ataque mortal e jogam com 2 atacantes abertos quase o tempo todo.

Será um teste raro, se confirmado. Dificilmente pegamos times grandes que atuam dessa forma, com um trio ofensivo aberto e o restante mais recuado vindo com a bola em bloco. Contra o Brasil a maioria enfia 9 na defesa e deixa 2 na frente.

Mas, antes de esperar o jogão de sexta-feira, vamos pensar no de hoje. Afinal, uma vacilada e já era. Mata-mata é foda, não tem lógica.

De qualquer forma, um time que não perde há anos, que faz uma Copa 100%, que fez Eliminatórias 100% merece respeito.

Como diz a antiga frase, “o melhor time do mundo que nunca ganhou a Copa”.

abs,
RicaPerrone

Comentários