Home » Futebol » Clubes » Cruzeiro » Tudo certo na hora errada

Tudo certo na hora errada

É perfeitamente aceitável que o SPFC passe a jogar bola. Assim como é bem possível o Cruzeiro perder um jogo desses, o clássico e pro Grêmio no Olímpico. Aceitável, mas na hora errada.

O Tricolor demorou demais pra entrar em campo sem ter “nada a perder” e apresentar um futebol que há anos todos esperam rever. O fez, e deu resultados. O Cruzeiro enfrentou 4 jogos chave para “abrir” na liderança, e fez apenas 3 pontos.

Aceitáveis, mas na hora errada.

Sem medo, sem nada a perder, o Tricolor abusou do direito de se arriscar. E é assim que time grande tem que fazer, mesmo quando tem algo a perder, diga-se. Jogou um partidaço! Venceu com méritos, e mesmo com o pênalti absurdo, não dá pra tirar a melhor atuação do que o time da casa.

Cruzeiro que, na contra-mão da maioria, tem de volta um grande jogador e não está vendo seu time se desmontar com desfalques. E no momento em que tudo parecia ficar azul… escureceu.

Vai voltar a história recente do clube e do técnico com a “pipoca”. Essa pressão vai existir, não tem como esconder.

É apenas 1 ponto a vantagem do Flu, mas quem quer ser campeão precisa jogar mais do que jogou hoje.

Contra o Galo, mesmo perdendo, fez boa partida. Hoje, novamente perdendo, não fez.

Escalação correta, nada a dizer do técnico na minha opinião. Mera competência do adversário e uma dose estranha e hoje em dia natural de “não querer perder” quando se torna decisivo.

Aquele Cruzeiro mais agressivo que buscava a liderança não perderia tantos jogos, mesmo sendo jogos dificeis.

Este, que é mais cauteloso, é também mais fraco.

O Cruzeiro “campeão” precisa de mais do que fez hoje. E time pra isso tem.

O SPFC candidato a vaga precisa só do que fez hoje, mas precisava ter feito há mais tempo.

Ambos ainda sonham, cada um com seu objetivo.

Só que a reação de um e a queda de outro vieram na hora errada.

abs,
RicaPerrone

Comentários