Campeões de audiênciaCopa do Mundo

Te amo, Argentina!

Futebol se avalia de várias formas.  Há quem passe horas desenhando quadros táticos, há quem fale em emocional, há quem vá buscar na história um motivo para tudo e até quem fale em macumba.

Mas existem coisas que ninguém sequer perde tempo em contestar.

Quando perdemos de 7 eu fiquei realmente magoado. Nunca havia tido um vexame brasileiro numa Copa. Era disparado nosso pior momento.  Paralelo a isso nossos rivais na final contra o mesmo time que nos humilhou.

Será que há no mundo uma força oculta tão cafajeste pra terminar nossa festa assim?   Se “Tá escrito”, então quem foi o filho da puta que escreveu?

Tem coisas que não mudam.

Se tem algo que sabemos de véspera que podemos contar é com a deliciosa eliminação da Argentina e aquele mar de arrogância injustificada se transformar em lágrimas.

Eu sabia, desde a dor do Mineirão, que alguma coisa estava guardada para nos divertir.

Vocês, argentinos, são os melhores rivais que alguém pode ter. Destemperados, marrentos, folgados e invariavelmente derrotados.

Eu posso perder de 7 hoje mas fatalmente serei o favorito em 2018. Você, nem quando tudo parece perfeito e a vida lhe dá a possibilidade de não encontrar pedras no caminho, consegue ir adiante.

Jogou mais 2 vezes contra grandes. Não ganhou nenhuma. São, agora, 32 anos sem ganhar de um time grande em Copas.  É quase uma seleção de Camarões.

Vem aí a Copa América do Chile. Vamos nos encontrar, e eu vou morrer de rir.

Como disse. As vezes a nossa seleção nos decepciona. A de vocês, nunca!

Boa volta. E tentem não quebrar nada.

abs,
RicaPerrone

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar