Na Copa passada o Uruguai foi a sensação. Mais pelo drama do gol tirado com a mão do que pela bola em si, mas aquele ato heróico/cafajeste do Suarez...