A discussão “deveria ir ou não” para alguém chamado pela seleção de seu país não me cai bem.  A idéia do “convite” em si já não me parece...