Não adianta reclamar da FIFA ou de qualquer entidade política quanto a suas decisões burocráticas.  É o óbvio do óbvio. Basta você desenhar num papel pra si mesmo...