Clubes devem ter alma.  Depois zagueiros, goleiros, volantes e atacantes. Antes de tudo, alma e identidade. O Palmeiras se declara “imponente” desde o primeiro trecho do hino e...