A última vez que eu vi o São Paulo entrar em campo e jogar futebol porque queria foi em 2005. Talvez em alguns jogos do começo de 2006, ainda embalados pelo grupo fantástico campeão do mundo. Mas em seguida o pragmatismo deu resultados, o SPFC se “Parreirizou” e focou sua existência no ganhar ou ganhar....Read