Hoje a tarde encontrei um garotinho de camisa rubro-negra no sinal. Ele vendia balinhas e eu brinquei com ele: “Vai ganhar hoje, moleque!?”. – Claro, tio! Esnobe. Me...