Home » Tag Archives: 2×1

Tag Archives: 2×1

novembro, 2018

  • 21 novembro

    Inter: Vaias são injustas e derrota compreensível

    Fim de jogo no Beira-Rio. O Atlético Mineiro motivado pela disputa pela vaga na Libertadores vence e parte dos colorados sugerem vaias ao time. Não, não merecem. O Inter não tem um timaço e nem joga um futebol acima da média. Acabou de voltar da série B e embora seja grande o suficiente para ser candidato a tudo que disputa, …

  • 10 novembro

    Duas versões do mesmo “crime”

    O rubro-negro vê mais uma derrota pra ele mesmo. São tantas que eu seria capaz de apostar no título, já que o tal “Flamengo” sempre bate o “Flamengo”. O botafoguense, com mais pés no chão pela circunstância, vê uma vitória memorável num momento de decisão. Talvez aí esteja o ponto: “decisão”. O Botafogo é limitado, mas ainda que não goste …

outubro, 2018

  • 31 outubro

    Em pé, gremista!

    As vezes a Batalha dos Aflitos tem outro protagonista e nem é nos Aflitos. As vezes a história nos reserva o papel de coadjuvante numa grande vitória alheia. O Grêmio está fora da final que foi dele por muito tempo. Bressan é o vilão mais óbvio, mas minutos antes o herói Cebolinha havia perdido um gol tão absurdo quanto o …

setembro, 2018

  • 27 setembro

    Intocável corintianismo

    A vaga na final não é do melhor time, não é do favorito e nem mesmo de quem jogou melhor os dois jogos. Mas sim de quem ainda se vê no espelho. O Flamengo é uma daquelas senhoras que um dia se olhou no espelho e achou que precisava de algumas plásticas.  Fez algumas, foi mexendo, mexendo, mexendo, quando viu …

  • 6 setembro

    Mais que líder

    Grêmio e Inter vivem um do outro. Por mais impossível que seja o reconhecimento de um deles, são dois gigantes que se sustentam na rivalidade mais forte do país. Quando o jogo acabou hoje e o time do Inter se abraçou no centro do gramado havia ali muito mais do que a liderança provisória (ou não) do Brasileirão. Por 2 …

agosto, 2018

  • 29 agosto

    Páginas imortais

    Era 44 do segundo tempo quando uma bola parou nas mãos do goleiro argentino e o Grêmio lamentava mais uma chance perdida.  O time recuava para recompor já no auge do desespero quando alguns poucos gremistas viravam as costas e iam deixando a Arena. Alguns chegaram a ir embora. Outros olhavam para trás entre a saída mais rápida para curtir …

  • 8 agosto

    O Grêmio do Roger ou do Renato?

    O time do Roger tinha a bola como tem o do Renato. A diferença entre eles é o ímpeto pelo gol, a pegada, a forma de usar a posse de bola.  Não acho que o Grêmio jogou mal, mas é nítido que não é o time de 2017. Natural pela perda do Arthur? Até seria. Mas não é só isso, …

julho, 2018

  • 7 julho

    O jogo

    Especificamente sobre o jogo da eliminação, o Brasil teve seu melhor da Copa em alguns momentos e a condenação dos erros em outro. Não acho que jogou mal, nem passa perto de ter jogado menos que o adversário. Ao contrário, jogou muito melhor. Mas um gol contra e um contra-ataque deixaram o jogo perfeito pra Bélgica. O que eles tinham …

junho, 2018

  • 30 junho

    O futebol precisa do Uruguai

    Existem times brilhantes, seleções que carregam multidões, zebras, favoritos e o Uruguai. Nada é igual ao Uruguai. Ninguém tem mais orgulho da luta do que da qualidade, ou ostenta tanto orgulho mesmo diante de tantos fracassos. A América do Sul tem características incrivelmente diferentes de país pra país. Vai da pureza colombiana ao mau caratismo argentino, passando pelo talento brasileiro …

  • 26 junho

    Nigéria: o melhor argentino das últimas Copas

    Das últimas 7 Copas a Argentina esteve no grupo da Nigéria em 5. É uma coincidência das mais assustadoras da história das Copas se não for a maior delas.  Venceu os 5 jogos, o que não chega a ser surpreendente dada a fragilidade dos africanos. Foi por esse histórico que disse semana passada que eles se classificariam. Os 3 jogos …

  • 23 junho

    O primeiro roubo da história

    Antes de qualquer coisa é bom que se diga que a Alemanha é merecedora da vitória. Mas hoje quero me atentar a algo mais relevante do que quem ganhou o jogo: a oficialização do roubo. Em todos os jogos de futebol nos últimos 150 anos o “roubo” era uma muleta de torcedor revoltado. Com o VAR ele se tornou perigoso …

  • 19 junho

    Polônia 1×2 Senegal

    Todo time sem grandes perspectivas na Copa deveria ser africano. É impressionante como eles transformam um jogo ruim num evento feliz e cheio de dança, paixão, música. Africanos tem o futebol na veia, não no cérebro. Talvez por isso gostemos tanto deles. O gol decisivo foi erro do árbitro e ainda assim um gol regular. Pode isso, Arnaldo? Pode. Prova …

  • 19 junho

    Colômbia 1×2 Japão

    Para vencer um japonês em alguma coisa você tem que errar menos que ele e deixar o talento e o improviso resolverem a questão. Se for previsível a vitória deles, dificilmente eles não vencerão. Não era. Mas se tornou. Com 3 minutos, 1×0, um jogador expulso e a Colômbia tendo que furar o bloqueio japonês dando espaço para o contra-ataque …

  • 18 junho

    Inglaterra 2×1 Tunísia

    Cometendo o mesmo erro da seleção brasileira a Inglaterra foi a campo pra fazer o gol logo. Fez. E quando fez, achou que o pior havia passado. Sofreu o empate e o que era festa virou drama, diria o senhor Bueno. Aos 40 e tralalá a vitória. A seleção inglesa é uma das mais didáticas lições que um futebol comercialmente …

  • 16 junho

    França 2×1 Austrália

    Das histórias possíveis de serem contadas nesta partida fatalmente o uso do VAR ficará sendo a mais emblemática. Sim, a França ganhou com justiça em virtude da possibilidade tecnologica de encontra-la. Mas o surpreendente futebolistico do jogo foi a atuação da Austrália, dividindo posse de bola, trocando passes, ameaçando e sendo pouco ameaçada. Uma partida inimaginável para a seleção australiana …

março, 2018

  • 27 março

    Das coisas que o dinheiro não comprou

    O Palmeiras tem um investidor porque dá retorno. É simples, incontestável, de clara inveja alheia a quem contesta. Talvez alguém tenha feito um estádio pra ele com recursos privados e comprado um timaço pela logica simples dele ser um bom negócio. Talvez seu clubismo não veja assim. De tudo que o Palmeiras pode comprar, algumas coisas não estão a venda. …

  • 15 março

    Nasceu!

    O parto é um momento especial. Talvez aquela criança que pela primeira vez chora e dá as caras nem se torne o homem ou a mulher que você espera. Talvez mesmo sob sua boa educação algo dê errado pelo caminho. Mas naquele momento em que ele nasce, não tem passado, certeza de futuro, nada. Apenas a certeza de que diante …

dezembro, 2017

  • 3 dezembro

    É pra comemorar, sim!

    Eurico, eleições conturbadas, time mediocre, dinheiro curto. O Vasco chegou a ser um dos candidatos a rebaixamento.  Quando sondou o Z4, todo mundo esperava que ali, no máximo, se livraria. E então a bola passou a entrar, São Januário voltou, Zé Ricardo ajeitou a casa e o Vasco fez mais do que dele se esperava. A Libertadores 2018 é motivo …

novembro, 2017

  • 30 novembro

    Sem raiva

    Já vi time ganhar campeonato de todo jeito.  Já vi time perder campeonato e passar a semana falando em “e se”, ou inventando algum lance polêmico pra justificar o mérito alheio. Já vi vitória roubada. Já vi título achado. Vi título dado por um super herói de chuteiras. Em todos eles há uma dose de ódio no desabafo da comemoração. …

  • 27 novembro

    Tanto faz

    Passionalmente, como clube, amador ou profissional, Muralha já estaria sendo “estudado” ou afastado pelas falhas.  Fosse o Flamengo uma empresa, como pregam seus gestores, o responsável pelo setor seria afastado. Seja pelo ângulo que você escolher, o Flamengo não está blindando seu jogador, nem seu preparador. Está piorando a situação. Se na avaliação interna o preparador é bom, e eu …