Toda vez que o Brasil sai de uma Copa logo surge o mais óbvio clichê jornalístico de projetar a Copa seguinte com 4 anos de antecedência.  Como se