Tag Archives: 2014

Order By
Category
Format
standard
image
video
quote
audio

Review – F1 2015

Bom, dá pra começar dizendo que o jogo “é do cacete!”.  Comprem! Ponto. O que vem a seguir são ponderações que vão detalhar o meu gosto pessoal por um game de F-1.  Mas que não mudam em nada o fato do jogo ser, no mínimo, muito bom! Gráficos – Incrível! A grama mexe com o...Read

Isso não é Palmeiras

Não sei bem por onde começar o texto. Menos ainda por onde passar e onde terminá-lo. É uma vontade tremenda de dizer aos palmeirenses que tudo acabou bem, que deu tudo “certo” e que em 2015 o clube poderá tentar sua retomada ainda na série A. Mas é inaceitável que esse não rebaixamento seja uma...Read
pluto

O time do ano

Outro dia estava num bar, fim de tarde, de chinelos e jogado na cadeira quando um amigo abriu uma cerveja e disse, como quem brinda: “E o Cruzeiro foi o time do ano de novo!”. Eu pensei por míseros 8 segundos, olhei em volta, vi que ninguém estava prestando atenção e baixinho lhe confessei: “Foi...Read

Não abandonem o Botafogo

Não sou botafoguense, mas também não sou atleticano. E tudo que defendi pra um, defendo pra outro desde que me tornei um jornalista mais conhecido.  Tem coisas que não se compra, como uma camisa e alguns milhões de torcedores. É claro que pro debochado rival os dois são “pequenos”.  No máximo “ex-grandes”. Mas aí o...Read

Sí, se puede!

O final do Brasileirão 2015 parecia ser mais um daqueles para cumprir tabela com o campeão já consagrado antes da hora. Mas não será. E não porque esse ano não haverá entrega-entrega, pois haverá. Mas porque a decisão da Copa do Brasil mudou o rumo do Brasileirão. Veja você, que ironia. O São Paulo “pode”...Read

O melhor Galo de todos os tempos

É difícil ter esperanças de ver a melhor parte de uma história. Normalmente elas só ganham o tamanho definitivo quando acabam e portanto, quando não estamos mais a vive-la. O Atlético MG teve que justificar sua grandeza num passado distante e nem tão glorioso assim por longos 40 anos. Comprovante de grandeza ainda em preto...Read

Levou, mas não “sobrou”

Foram três ataques, três belos gols.  O intervalo no Morumbi indicava uma goleada fácil, uma vaga absolutamente definida nas mãos do São Paulo e um cenário pra lá de animador. Sabe-se lá porque, o time volta, recua, toma 2 e transforma um 3×0 num 4×2 que dá o 2×0 pro adversário lá. Ainda assim, um...Read

Brasileiríssimo

Quando o Botafogo precisa focar no Brasileirão pra não cair e coloca o time titular na Copa do Brasil, corre-se o risco de dificultar ainda mais o projeto série A 2014.  Afinal, convenhamos, por mais incrível que seja o futebol, não há um “projeto Libertadores” no clube. Mas no Santos pode haver. E se houver,...Read

Que bonitinho!

Lá vem ele.  Olha como anda, que fofinho! Ele faz biquinho, óóóóó…..! Vem com o titio, vem! Jogou coco na parede! Ai que lindo!!!!  Mamãe limpa. Vem com a titia, então! Derrubou o telefone. Todos rindo muito, é tão “fofo”. Agora a mamãe vai trocar a fralda.  Nossa, ele bateu na mamãe.  Que lindo!!! Olha...Read

Nocaute!

Entre socos, pontapés e alguma vontade de ver o adversário no chão, o jogo desta noite não passou de uma prorrogação das quartas de final da Copa do Mundo.   A Colômbia não queria jogar um amistoso mas sim “se vingar” de uma derrota. Neymar, que nada tinha com isso, apanhou o jogo todo. Do...Read

O noivo e o corno

Em 2010 o primeiro amistoso da campeã Espanha foi contra a Argentina.  Os sulamericanos, humilhados naquela Copa pela Alemanha por 4×0, repetiram o placar só que desta vez a seu favor. Incrível! A Argentina, então há 18 anos sem um título, ganhava um amistoso da campeã mundial por goleada. Em 2014 eles fizeram uma Copa...Read

Sobrando o que faltou

Contra o América RN o Fluzão deixou de ter medo de ser eliminado e brincou de tomar gols.  Acabou fora, numa das mais ridículas páginas da história do clube entre 4 linhas. Hoje, depois de um grande primeiro tempo onde os dois times buscaram o toque de bola, poucas faltas e belas jogadas, o Fluminense...Read

Obrigação de jogar futebol

Eu não sei se esse time do São Paulo será campeão, sequer se vai ser competitivo. Mas é inegável que há muito tempo o clube não tinha um time titular de tanta qualidade técnica como o atual. Talvez, no papel, mesmo que não funcione ainda tão bem quanto outros tantos, seja um dos melhores ataques...Read

“Eu não sabia!”

Não que eu realmente acredite que alguém soubesse. Mas eu confesso, “não sabia”. Eu nunca imaginei que o time de 2013 pudesse não conseguir repetir o que já provaram ser possível fazer juntos. Eu não acho que o técnico que era unanimidade em 12 de junho de 2014 possa ser um completo imbecil no dia...Read

Os caras

Saiu. Os 23 caras que defendem a nossa “honra” nos próximos 2 meses estão, enfim, revelados em definitivo. Felipão é um sujeito que não usa grandes e mirabolantes táticas para chegar onde chegou. Ele motiva, comanda e sua carreira comprova que futebol é bem mais simples do que parece ser. Ao longo de sua carreira...Read

Melhor a dúvida

Hoje teve Vasco na série B.  Como esperamos que aconteça quase sempre em 2014, o time venceu sem grandes dificuldades, mesmo que ainda bem desfalcado.  Mas, com uma novidade que se não determina novos valores ao menos gera dúvida nos antigos. Marquinhos, Yago, Thalles, não é possível ainda determinar se falamos de craques, enganadores, jogadores...Read

Dançando com a irmã

E a nossa querida e tradicional Taça Guanabara é a mais nova vítima dos pontos corridos e dos dirigentes que fazem campeonatos no Brasil.  Insatisfeitos com a fórmula que dava ao estadual do RJ uma rara sensação de emoção ainda, resolveram acabar com tudo e transformar o que pouco empolgava num quase velório. A frigidez...Read

A retomada

Dudu, Lucinha, Rogerinho, membros da bateria, da velha guarda, de outras relevantes áreas da escola. Todos voltando.  A Mocidade, de novo, nos braços do povo. Ontem, em Padre Miguel, ao final do ensaio de rua a comunidade invadiu a quadra antiga comemorando a “troca de poder” na escola e fazendo um raro espetáculo de euforia...Read

Foi só futebol

Em 2008 Valdívia marca o segundo gol do Palmeiras sobre o São Paulo e elimina o tricolor.  Na comemoração, muda de direção e passa na frente do Rogério para mandá-lo calar a boca com um gesto. Rogério não gosta. No meio de um empurra-empurra, dá um “tapa” no rosto do chileno. Dois dias de discussão...Read