Seleção Brasileira

Tá escrito

“Às vezes a felicidade demora a chegar
Aí é que a gente não pode deixar de sonhar
Guerreiro não foge da luta e não pode correr
Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer”

Já diria um amigo meu, “tá escrito”.  E se não estiver, escreva!

Sofremos desproporcionalmente a decepção de dois empates como se fossem duas goleadas. Hoje, com uma goleada, é nosso dever cívico viver a euforia como se fosse um show de bola.

Não foi. Mas não precisava.

Eu nem queria ver esses caras jogando bem. Eu queria ver o Neymar sorrir, como pedi no último texto. E vi.

Queria ver alegria, chapéu, caneta, e teve.

Queria ir pras quartas de final, e vou. Tem gente que só ganha afago por aqui e não vai.

O ouro olímpico é um desejo que aumenta na medida em que não vem. Se tivesse vindo antes, convenhamos, sequer o listaríamos em nossa vasta coleção de títulos não roubados.

Mas pós Copa, em meio a crise, tudo que esse país viveu e está vivendo, a seleção representa muito mais que um time de futebol. E é por isso que estamos tão frustrados.  Nós esperamos de vocês, sempre, aquele motivo de alívio pra nossa alma verde-amarela.

A bola entrou. Faltam 3 jogos.

Volto a citar um amigo meu.

“Erga essa cabeça mete o pé e vai na fé
Manda essa tristeza embora
Basta acreditar que um novo dia vai raiar
Sua hora vai chegar”

abs,
RicaPerrone

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar