Perdoe-me o ótimo Luis Roberto, mas eu não pensei em nada melhor.

Quando um grupo de marginais (torcedor é o caralho!) invade um CT, quebra patrimonio e vai conversar com jogador eu realmente não consigo ter outra reação que não a de perguntar pro coleguinha do lado: adivinha quem são?

Nem todo torcedor de organizada é violento. Mas todo caso de violência no futebol há uma organizada envolvida.

O que isso ajuda?  Acham mesmo que o Ganso vai olhar pro JP e dizer “vamos correr pq agora fudeu, a Young Flu ta puta”?

Cai na real, pelo amor de Deus. 2019 tem gente comprando influencer sem profissão, youtuber humorista fazendo militância, livro de “acredite nos seus sonhos” vendendo a rodo. E vocês, marginais qualificados de longa data, acham que isso dá algum resultado que não seja validar a rejeição a vocês?

Eu queria conhecer o diretor de marketing de uma organizada. Não há emprego mais difícil.

E segue o jogo. Porque eles acham que se ganhar do Grêmio reserva domingo foi porque “nóis colou nos cara lá, mané!”.  E todos vivem felizes pra sempre.

RicaPerrone

Compartilhe!