A Rússia tinha todas as credenciais para ser um fiasco dentro de casa na Copa. Em 3 participações venceu 2 jogos, um deles não valia mais por já havia decidido o grupo.

No outro, venceu a Tunisia. Mas em todas as 3 foi eliminada na primeira fase. Gols? Havia feito 12. Mas 5 foram marcados no jogo “que não valia nada” contra Camarões. Curiosamente os 5 marcados pelo  Salenko, um dos artilheiros de 94.

A Arábia, coitada, já levou 8×0 numa estréia de Copa, em 2002, pra Alemanha.

Ou seja, tinha tudo pra dar em nada.

E não é que vimos 5 gols, uma boa atuação da Rússia e ainda 3 golaços?

O VAR, que todos queriam VER, não apareceu.  Mas em breve estará em nossas mesas de bar causando discórdia sob o inevitável argumento de que “viu? não serviu pra nada!”.

Temos Copa! E se depender da discrepância entre expectativa e realidade da estréia, teremos uma grande Copa!

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!