Home » + Chamada » Que situação

Que situação

Imagine você se um dia o Fluminense decidir que o treinador não está bem e não deve continuar. Esse treinador é o Abel, símbolo hoje de algo maior do que um cargo. A diretoria do clube pode considerar, como todas as demais, que é preciso trocar.

E aí? Como ela faz isso?

Existe um sujeito indemitível no futebol mundial hoje. Chama-se Abel Braga. Por tudo que fez de bom, por tudo que passou de ruim. Por tudo que representou há pouco. Abel é o que a torcida respeita.

Você pode me dizer que o Abelão está 100% ali. Nem o conheço pessoalmente, mas duvido. E se estiver, trata-se do super-man.  Ele quis ficar, é digno, lindo, interessante. Mas suponha que pro Flu não seja o ideal.

O que você faz? Demite o Abelão?

Não. Não dá. A saída numero um para crises está descartada. Ele além de estar blindado por todo o enredo triste que passou, é o único cara que a torcida respeita.

Mas torcedor é foda. Ele vai esquecer o drama do Abel assim que o Flu pisar no Z4.

E aí vai sobrar em quem? Qual a saída que terá o Fluminense para “tomar alguma medida” para tentar interromper a ladeira abaixo?

Que situação.

Eu não tenho o diagnóstico, e nem essa intenção. Tenho por mera curiosidade a idéia de que seja qual for a ” doença”, vai ser muito difícil o Fluminense achar a cura por meios convencionais.

Que a sorte guie o Flu por onde quem deveria não puder guiar.

abs,
RicaPerrone