O Brasil tem uma relação com o futebol sem igual. A paixão, que nem é por ele mas sim pelos seus resultados, cega de forma tão brutal que nem mesmo o próprio discurso se mantém em pé.

De um lado torcedores que passaram a perseguir a seleção por todos os erros cometidos por CBF e Tite nos últimos anos. De outro um treinador que de adorado foi a questionado e hoje beira o rejeitado.

Como tudo isso aconteceu? Com a mesma velocidade e falta de critério de sempre.

Aqui é Brasil, porra! Nunca haverá critérios, qualificação na crítica e menos ainda alguma coerência nas respostas.

Acabamos de ganhar a Copa América. Fomos à Copa voando, lá caimos de rendimento mas fizemos um torneio “ok”, com uma eliminação injusta, jogando melhor. Enfim, nenhuma tragédia, nenhum espetáculo. Copa Ok.

Então Tite e CBF resolvem peitar o futebol brasileiro – de quem deveriam cuidar – e fazer do negócio seleção algo mais importante que os clubes e campeonatos nacionais.  Usando a loucura do jogador por estar de verde e amarelo para vencer a disputa sem fazer esforço.

A seleção dá lucro. Os clubes, prejuizo. Mas a CBF não é uma empresa, ou não se posiciona assim. Em meio a diversas boas iniciativas pré-copa, se perdeu no pós em busca sabe-se lá de quem com atitudes como a de ir buscar na FIFA o direito de desfalcar times brasileiros pra jogar torneios sub 20 como se alguém se importasse com eles.

Ela se importa. Vende, revende, lucra. Mas e o futebol?  E nossos clubes, diga-se, todos coniventes.

Eu não dou a mínima pra resultado de amistoso ruim com estádio vazio pra cumprir tabela e encher cofre. Estamos longe dos torneios, a seleção nunca foi constante e ainda que em má fase, perde muito pouco.

Minha preocupação é com a relação clube/seleção. Com o que o Tite acreditava e passou a acreditar. Com as mudanças bruscas de posicionamento das pessoas que de fora criticavam, de dentro brigam pelo erro.

Trocar de treinador? Agora? Porque empatou com Nigéria e Senegal? Seria tão ridículo quanto demitir o técnico do Atlético PR por não estar no G6 após ganhar a Copa do Brasil.

O problema não é o Tite. É a idéia.

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.