Home » Futebol » Clubes » Fluminense » Pontos perdidos

Pontos perdidos

Se eu disser que o Muricy é covarde, dirão que sou repetitivo e pego no pé do cara.  Se eu disser que ele errou “só hoje”, estarei mentindo.

Se eu repetir que o ex-lider do Brasileirao nao joga um bom futebol e nao tem nenhuma jogada de ataque que não seja bola parada, cruzamento e lances individuais, sou corneteiro.

Pra qualquer lado que eu for, estou sendo repetitivo e chato.

Hoje Muricy perdeu mais uma vez o jogo que poderia decidir. Aquele onde dizem a ele: “Hoje tem que ganhar”. E é nesse que, normalmente, ele se enrola.

Ter que ganhar é uma ordem bem diferente do que ele pratica que é evitar perder.

Ao tirar seu volante mais ofensivo pra usar 2 caras fixos na marcação, deu o primeiro tempo de presente ao Goiás, que nao tinha nada a perder.

O Flu tinha, e perdeu.

Quando volta, volta com 2 cones na frente e tome bola na área. É a repetição de tudo que Colorados, Tricolores e Palmeirenses disseram nos últimos anos.

Agora no Flu, tão competente quanto ao chegar brigando nos pontos corridos, tão incompetente e incoerente quanto ao ter que DECIDIR num jogo.

O Flu, de novo, e dessa vez com Deco e Fred, não jogou bem. E não jogará, como não joga há algum tempo.

Não porque o time é fraco, porque não sabem ou porque não querem. Mas porque não há futebol onde há Muricy.

Há resultado, só. E sem decisão.

Não dá pra engolir brigar pelo título empatando em casa contra o Goiás, quase rebaixado, porque o técnico resolveu que era dia de recuar. Nem depois, esperando 33 do segundo tempo pra colocar um atacante que não fosse pra receber cruzamento.

Mas sou eu que “pego no pé dele”, né? Então…

abs,
RicaPerrone

Comentários