Home » Futebol » Clubes » Corinthians » Pobre América….

Pobre América….

Ser um clube pequeno é complicado. Quando digo isso e “menosprezo” a importância deles muita gente diz que eu sou bairrista, que não gosto do nordeste (por lá ter o maior número de times que eles acham grandes e não são) e outros absurdos. Na real, as coisas são assim porque vivemos num país hipócrita onde não podemos falar a verdade.

A verdade é dependendo de onde você está, seu time nunca mais voltará a ser grande. O Ceará não tem culpa de ter uma economia muito inferior a SP e Rio, por exemplo. Como eu também não tenho culpa de saber que isso implica em não ter condições financeiras para voltar a competir em alto nível com os grandes. É matemática, o que nem sempre é claro pra alguns.

O América MG é um time bem pequeno. Tão pequeno que leva 700 pessoas pra jogo de série A, em casa.

O que fizeram domingo e gerou muito nhe nhe nhe aqui em São Paulo foi meramente uma questão de sobrevivência. O América PRECISAVA do jogo com o Corinthians com torcida pra poder fechar as contas do ano. E deu certo.

A média de público do América até aqui é de 3 mil pessoas em virtude de um jogo que teve 18 mil. Sem este jogo a média é inferior a 1500.

A renda do América em 15 jogos como mandante é de 162 mil reais líquido. Ou seja, em todo Brasileirão, o América não pagou o salário de um jogador de alto nível.

Contra o Corinthians a renda líquida foi de 643 mil reais.  Quatro vezes mais o valor da soma total dos jogos até aqui.

Valeu a pena?

Em 90 minutos o América levou pra casa, graças ao Corinthians e não a ele, o equivalente a 4 campeonatos brasileiros sem este jogo com torcida invertida.

Pode ser que você ache que o Corinthians se beneficiou. É de cada um.

Mas você não pode achar que o América não tinha motivos pra fazer isso.

abs,
RicaPerrone 

Comentários