Na primeira rodada toleramos o mínimo possível. Na segunda esperamos algo mais.  A França não nos deu, e o Peru mostrou ser a cara do treinador: bem pouco inteligente.

A não escalação do Guerrero e o Cueva cobrando pênalti no jogo de estréia são claros. O Peru poderia sim bater a Dinamarca e ir adiante. Está eliminado por teimosia do treinador e também por um erro do Cueva, que sendo quem é não deveria bater penaltis decisivos.

A França não encanta. Ao contrário. Sentou no resultado e ficou olhando o relógio andar. Aliás, como todas as demais favoritas nessa Copa até aqui.

Copa ruim até agora. Os gols são raros, muito gol contra e pênalti. Ninguém se destaca, os favoritos não empolgam e as zebras jogam como nunca e perdem como sempre.

No Peru, no se puede com Gareca.

abs,
RicaPerrone