Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Pediu para se complicar

Pediu para se complicar

O Flamengo brincou na defesa contra o Universidad em casa e perdeu 2 pontos por mera bobeira. Hoje, no Chile, teve uma crise de pânico sem explicação por 45 minutos diante do Católica e perdeu por 2×0. Agora, reza e tem que ganhar do Caracas, e bem.

A classificação que era simples se tornou um drama por méritos do próprio Flamengo. Jogou um ponto fora contra o Univerisdad lá, mais 2 aqui e hoje perdeu nova chance de pontuar. Situação complicada, sem dúvida.

Até amanhã, onde a rodada se completa, não dá pra cravar o cenário. Mas, por enquanto, é complicado.

Os problemas do Flamengo são muitos. Não há nada que justifique o campeão brasileiro reforçado jogar desta forma. A atuação desta noite foi, disparado, a pior que vi este ano.

E dá pra citar alguns dos defeitos:

– A defesa fica cheia de jogadores do Flamengo e NENHUM marca o adversário. Todos ficam postados e marcando a bola. É impressionante!

– Com 3 volantes, o time fica com 2 caras na frente e o resto todo atrás. Pega a bola e, ao invés de prender e esperar se postar na frente, enfia sempre a bola na direção do atacante já pra concluir. A chance disso dar certo é mínima, mesmo se o Gerson fosse o lançador.

– Um time não pode ter o mesmo tempo de posse de bola e o mesmo número de passes no jogo do que o rival e ter o dobro de “bolas perdidas”. Isso é apenas reflexo do que disse acima. A bola é enfiada pra resolver e volta.

– Todo passe do Flamengo do meio pra frente, note, é “último passe”. Não há troca. É um festival inconsequente de buscar o gol a qualquer custo no talento dos atacantes.

– De que adianta ter 2 laterais ofensivos se eles não tem tempo de chegar a linha de fundo?

Enfim, o esquema de jogo do Flamengo mata as principais qualidades do Flamengo. É um time não escalado ainda, sem padrão de jogo e que perdeu o que tinha em 2009, inexplicavelmente.

Uma dose pode ser tática, mas uma outra é técnica. Alguns jogadores parecem não entender a função em campo. É notável a difculdade do Kleberson (quando joga), do Williams, do Toró e até do Pet, que hoje ficou quase de ponta esquerda, onde já se viu?

Não parece tão dificil corrigir. Talvez uma simples escolha de 11 titulares a continuação desta escalação por varios jogos. Não sei, não tenho idéia, nem o Andrade deve estar entendendo.

Mas, se jogar como hoje, perde domingo e não se classifica. E pior: Se passar, pega o Corinthians, pelo jeito. Portanto, é melhor melhorar muito. Se não, nem adianta passar.

Não virá uma molezinha nas oitavas.

abs,
RicaPerrone

Comentários