Enquanto Flamengo e Grêmio jogavam na tv principal da casa, a outra passava Palmeiras e América.  Embora adversários de níveis incomparáveis, a diferença de ímpeto pelo gol dos 3 times que disputam o topo da tabela era gritante.

Burocrático, o Flamengo vai quando dá e conclui pouco as jogadas que cria. O Grêmio esperou tomar o gol pra jogar. E o Palmeiras empurrou por 90 minutos o adversário por todos os lados, com 24 chutes a gol tendo menos posse de bola.

É notável os “porques” do título iminente. Só não vê quem assiste apenas os jogos do seu time, ou seja, todo torcedor de futebol vivo.

RicaPerrone

Compartilhe!