FutebolVasco

O Vascão voltou?

Não por hoje, nem pelo que fez até aqui. Os indícios estão claros e o cenário montado. O Vascão, aquele poderoso clube carioca, não o que vimos nos últimos anos, está perto de ser protagonista após um razoável período de “férias”.

Ansiosos pelo momento, lotaram São Januário e viveram fortes emoções. Alguns dirão que o time vacilou, e eu irei contra, preferindo notar o outro lado da coisa.

É vacilo se abrir podendo empatar. Hoje em dia, neste futebol covarde, sim.

Mas quando um time é grande sua natureza o impede de ficar ali olhando o jogo passar, em casa, em troca de um empate mediocre.

O Vasco, que até outro dia ficaria atrás esperando, hoje não ficou.

O susto que sofreu foi por ter agido conforme sua camisa pede.

Não, o time não tá pronto, não é fantástico, nem o técnico passou a gênio. Continuo com os mesmos conceitos sobre Ricardo Gomes, Éder Luiz, etc.

Assim como continuo achando Felipe, Dede, Diego Souza e Bernardo diferenciados.

A questão é ver o Vasco, que encara o Avai, estar novamente enchendo a casa pra brigar por títulos, não por desespero.

Se hoje foi no sufoco, foi porque o time agiu como Vasco e não como Olaria.

Pra alguns, vacilo.

Pra mim, sintomas de grandeza.

Vaga merecida de um time que não jogou uma grande partida, mas não se escondeu dela.

abs,
RicaPerrone

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar