Home » Futebol » O poodle tricolor

O poodle tricolor

Poodle é aquele cachorrinho que não é fêmea nem macho, é o intervalo. Ele late no colo, se borra no chão. Ele é mimado, porque seus donos são quase sempre corujas. Ele é bonitinho, engraçadinho, educadinho, mas não é o que podemos chamar de “cachorrão!”. É um poodle, só um poodle.

O dono do poodle acha que tem o melhor cachorro do mundo. Não abre mão dele, e é natural, pois todo dono adora seu cãozinho.

Ele pode cagar na sala, você perdoa. Ele pode mijar na sua cabeça, você acha graça.

É amor, tão lindo.

Mas quando o amor se torna demais, alguém abusa. Neste caso, por ser irracional, quem abusa é o poodle. E o dono, que não tem pulso pra nada, normalmente cria um monstrinho mimado.

Ricardo Gomes é o dono. Richarlyson é o poodle.

Nem vou perder meu tempo falando de covardia, time previsivel e o caralho a quatro. Meu saco já tá bem cheio de aguentar torcedor sãopaulino me cobrando “saopaulinidade” em “defender” o time.  Discutir o SPFC é um crime. Se elogia, tá em casa. Se critica, certo ou não, é alguém da mídia que persegue o “todo poderoso”.

Mas, voltemos ao criador e a criatura.

Hoje, o poodle mordeu o dono.

Sabendo que manda na casa, que mija onde bem entender e que o dono não abre o bico, resolveu fazer perninha.

Errou tudo, como sempre, pois improvisam o poodle de cão de guarda. Santo Deus, o coitado não sabe nem latir.

Aí, resolve enfiar a mordida num coleguinha. É advertido, e aí dá um show.

Poodle é foda. O sujeito saiu de cara pro juiz e ficou falando merda. Na cara dele, sem ninguem entre eles. Aí, seguraram. E quando seguraram, fez ceninha que queria ir pra cima.

Ah, poodlezinho… faça me o favor. Dentro do portão todo cachorro late. Se abrir a portinha você corre pro colo do dono.

Cachorrinho de madame, mimado, chorão.

Porque não mordeu quando tava frente a frente? Morde lá, ué! Aí meteu dentro do portão, saiu latindo como se fosse “comer” alguém.

Ninguém entra na sua novelinha, só seu dono, que é covarde e não sabe dar ordem.

Nestes casos, onde o dono não manda nada e o poodle faz o que quer, só chamando o Dr. Pet.

Ou o dr. Autuori, Dr. Luxa, sei lá… alguém que saiba adestrar essa raça.

abs,
RicaPerrone

Comentários