Home » Futebol » O melhor do melhor

O melhor do melhor

Hoje me perguntaram numa entrevista pra uma revista quem seriam os 11 melhores jogadores do SPFC de 2004 até agora, periodo em que o SPFC conquistou titulos e esteve em alta. Fui analisando cada time campeão e buscando as peças preferidas.

Faça você a sua. A minha me surpreendeu, pois o time de 2005 foi quase inteiro pra lista. Como sempre digo, time que joga futebol marca mais do que aquele que busca só o resultado.

Escolhi pela lógica que me foi solicitada. Quem foi melhor NO SPFC, não como jogador na carreira.

Meu time ficou:

Rogério, Cicinho, Fabão, Lugano, Miranda, Junior. Mineiro, Josué, Danilo, Amoroso e Luizão.

Ah, mas logo perguntarão: Porque não o Luis Fabiano, se a enquete inclui 2004?

Porque NO SPFC, o Luis Fabiano fez muitos gols, jogou muita bola, mas sumiu ou foi expulso quando o time mais precisou. Raros gols em classicos, diversas expulsões e confusões em jogos fundamentais. Só por isso.

Luizão em 6 meses fez os gols quando precisou, jogou uma barbaridade e foi o companheiro mais que perfeito pro Amoroso, único CRAQUE que o SPFC teve no time nestes 5 anos.

Hoje, o Luis Fabiano amadureceu uma barbaridade. É outro jogador. Mas, naquela epoca, fico com o Luizão.

Fabão?

Sim, Fabão! Monstro na zaga em 2005 e 2006, autor de gol na final da Libertadores 2005, Libertadores 2006 e ainda o gol do titulo Brasileiro em 2006 contra o Atlético PR. Alem de ser Fabão Air de Boer, o mito!

E o Hernanes que me desculpe, mas continuo achando o que achava ha 2 anos: O ibson joga mais que ele, o Ramires joga mais, o Lucas joga mais e ele é apenas um bom jogador. Ou, talvez, muito bom. Mas craque, nem a pau.

Pode me chamar de viuva, do que quiser. Mas daquele time de 2005 eu tinha orgulho. Coria, jogava, driblava, tentava, chutava de fora, tabelava, marcava forte, era quase o ideal. E naquele dia da final, contra o CAP, se viesse o  Real Madrid o SPFC pelo menos empataria. Uma atuação beirando a perfeição. Dos 11!!!

E veja como é o futebol. Cade aquele time? Amoroso nunca mais rendeu. Luizão praticamente parou. Danilo sumiu, Cicinho nunca mais se encontrou, Fabão nunca mais deu certo, Mineiro desapareceu, Alex tá no Galo e não joga igual ha anos, o Junior ficou 3 anos no banco ate que fosse pra um time onde o treinador aceita futebol e não força fisica.

Era um TIME, não um cara ou um fator desequilibrio. E tudo isso nas mãos do querido Paulo Autuori, sujeito que admiro e respeito pelos proximos 30559 anos.

E o seu time de 2004 pra cá? Muda muito?

Esqueci alguem?

abs,
RicaPerrone

Comentários