Home » Futebol » Lendas do futebol » O marrento

O marrento

20 do segundo tempo. O atacante deitou e rolou em cima do zagueiro o jogo todo. 3×0, dois gols dele. O zagueirão já tinha amarelo, faz outra falta feia e o juiz corre na direção dele com a mão no bolso. Enquanto todo time pressiona para o arbitro expulsa-lo, o atacante levanta e começa a gritar:

“Não, não!!! Não expulsa não!”. O juiz pára e fica sem ação. Como um cara que tomou o pontapé está defendendo o agressor adversário?

Os dois times em volta do juiz ficam sem reação nenhuma. E o atacante segue gritando.

– Não tira o cartão! Não expulsa!

O juiz não aguenta e, na frente do time e do zagueiro, pergunta.

– Tá maluco caralho? O cara quase te racha no meio e você quer que ele fique?
– Porra, é mais fácil jogar com esse merda no time do que contra 10. Deixa ele ai que eu to humilhando.

Rapaz….. o beque ficou nervoso, muito nervoso. Mas não foi expulso porque o juiz riu da situação.

Os dois times se estranharam, se empurraram, e o juiz segurou a briga.

Segue o jogo.

Dois minutos depois o marrento pega a bola e parte pra cima do zagueiro. Finta, toma uma no meio do joelho, e o zagueirão levanta gritando com o juiz:

– Pode expulsar! Agora eu quero o vermelho! Expulsa!
– Que isso!? Você tá maluco?! (e saca o vermelho)
– Tô! Eu saio, mas ele também sai!

Virou as costas e saiu antes mesmo de tomar o vermelho.

O atacante ficou 4 meses fora dos gramados com um problema no ligamento cruzado.

Quando voltou, encarou de novo o mesmo zagueiro no jogo da volta dele. Marrento, entrou em campo fazendo tipo, todo cheio de onda, olhando feio.

Na primeira bola que pegou, o zagueiro foi correndo e enfiou a perna no cara. Falta até que normal, no maximo pra amarelo. O atacante levanta berrando com o juiz:

– Expulsa!!! Expulsa esse filha da puta!

Deu amarelo. E o exaltado atacante ainda grita:

– Porra! Vai se foder! Só amarelo?

E tomou vermelho por desacato ao arbitro.

Eis que o beque grita: “Não expulsa não porra… é a unica mocinha que tem pra eu bater e você tira o cara!?”.

Nem preciso dizer que virou briga, das boas. Os dois terminaram expulsos. Junto com mais uns 3 que se envolveram na discussão.

Um ano depois eles foram companheiros de time. Passaram 2 anos juntos, nunca se falaram, nunca se olharam na cara e há quem jure que jamais aconteceu um passe de um pra outro dentro do campo.

Ganharam 3 titulos, sem se olhar na cara.

abs,
RicaPerrone

Comentários