Home » Futebol » Lendas do futebol » O ladrão ficou na mão

O ladrão ficou na mão

Atendendo a pedidos, voltamos com as “Lendas do futebol“. Aqui são contadas histórias sem nomes pois, como dito antes, tratam-se de lendas, sem que jamais alguém possa comprovar.

Mas as histórias correm soltas nos bastidores e, sabemos, vocês adoram ouvi-las.

O ladrão que ficou na mão

Diretor, jogador, comprador e empresário na mesa.

O empresário diz ao diretor que o clube comprador oferece 17. O diretor, então, diz que quer 20. O impasse começa.

Gringo, o comprador não entende tudo que está rolando na conversa, apenas o que o empresário do jogador lhe traduz.

Conhecendo o sistema, o empresário oferece:  “Então 18 pro clube, 1 pro senhor (diretor) e fechamos?”.

Sim, o diretor topa. Ele ganha 1 milhão, o clube 18. E assim o empresário avisa o comprador que, com este acréscimo de 1 milhão está tudo fechado. Ele concorda. Negócio fechado.

Por burrice ou malandragem, não se sabe.  A venda anunciada é de 18, óbvio. Um mes depois, porém, o conselho fiscal vai a sala do diretor e pergunta:

“Por quanto vendemos o XXXX mesmo?”
“Por 18 milhões, porque?”
“Acho que os gringos erraram aqui. Depositaram 19. Vou entrar em contato pra devolver, se não dá problema na declaração.”.

E assim o otário diretor ficou sem a grana, fez papel de honestíssimo por devolver e ainda perdeu o jogador.

abs,
RicaPerrone

Mais lendas? Aqui, ó! 

Comentários