Home » Futebol » Botafogo » O jogo do ano

O jogo do ano

Tinha tudo pra ser um jogo do Flu, do Cruzeiro ou do Corinthians. Não será, pois os três vencerão suas partidas sem fazer esforço algum. E se um deles perder, terá sido um fiasco e não uma falha na decisão.

Enquanto o título fica decidido entre rebaixados, malas brancas e clubes dispostos a “não vencer”, a vaga na Libertadores terá uma digna decisão em Porto Alegre. Grêmio e Botafogo farão, em tese, o mais importante jogo do Brasileirão.

Você não consegue dizer qual foi o jogo mais importante do Flu, nem do Corinthians, nem do Cruzeiro. Seriam, pela normalidade, os jogos finais. Mas não foram, nem serão, infelizmente.

O único jogo entre grandes que você pode determinar como “o jogo que decide” é Grêmio x Botafogo. Este sim, claramente dois times merecedores da situação que tem na tabela, se enfrentando cara-a-cara sem palhaçadinha.

O melhor vai levar a vaga, ponto.

Os dois times perderam apenas 2 jogos cada nas últimas 20 rodadas. Isso já é aperitivo suficiente, não fosse o fato dos treinadores serem quem são e das camisas levarem a história que levam.

Grêmio e Botafogo não terão toda a atenção da mídia e da torcida no domingo, pois todos querem saber quem será o campeão. Mas deveria, pois é o único jogo realmente com cara e tamanho de decisão nesta rodada.

Lembrando aos que defendem a tese de “classicos nas ultimas rodadas”  que, caso fosse aceita a idéia, domingo teríamos um SP x Palmeiras valendo nada, talvez um Santos x Palmeiras. Ou Vasco x Flamengo. Quem sabe?

Tão inteligente quanto coloca-los no fim pra evitar finais patéticos como o de 2010 é correr o enorme risco de tirar do torcedor os clássicos regionais e os transformarem em amistosos de fim de ano?

Acho que não.

Sobrou o único confronto entre gigantes que realmente importa neste campeonato.

Grêmio e Botafogo, o jogo que decide tudo.

Isso se o Goiás não resolver estragar a festa e conseguir a vaga. O que, sem muro, seria lamentável pro torneio.

abs,
RicaPerrone

Comentários