Home » Diversos » Blog » O grande vencedor do Bolão

O grande vencedor do Bolão

O mineiro Luiz Flávio Reis Fernandes, rubro-negro, foi o vencedor do Bolão da Copa no blog e levou o cooler da Brahma!

Agora vocês conhecerão os segredos do guru, que só não vai virar Luiz de Ogum porque Perrone de Ogum não participou do Bolão integralmente. rs

Parabens, Guerreiro!

1- Campeão do Bolão da Copa cheia de zebras. Me conta, Luiz! Você não sabe nada de bola e deu sorte ou sabe tudo?

Rica, não me considero um bom entendedor de futebol, mas também não me acho um péssimo conhecedor. Acho que sou um conhecedor mediano que mais acerta do que erra nos palpites dos jogos e nas análises dos times.

Jamais imaginava ser campeão do bolão!

Talvez, se eu participasse do bolão em outras Copas, dificilmente faria mais pontos. Creio que cheguei no primeiro lugar pelo fato de a copa desse ano ter sido bastante previsível no que tange resultados, ou seja, dificilmente vimos um placar superior a 2 gols de diferença ou nem mesmo a seleção vitoriosa fazer mais que 2 gols em uma partida. Sempre apostava nos placares acreditando no futebol de resultado, que infelizmente toma conta do futebol mundial.

Tenho a certeza de que se participasse do bolão do brasileirão, perderia vários pontos, pelo fato desse campeonato ser bastante nivelado e a força das torcidas de alguns times exigirem um bom futebol.

2- Acertou o campeão?

Errei o campeão. Na verdade, apesar de não botar fé na seleção brasileira nessa copa, o patriotismo falou mais alto e eu apostei no título brasileiro.

3- Qual foi o jogo que “só você” acertou?

Ainda não tive tempo de analisar essa questão, apesar de ter acertado diversos placares, creio que não acertei nenhum placar sozinho. O fato de ter acertado bastante “placar cheio” fez a diferença para os outros concorrentes, já que o segundo colocado ficou a apenas 64 pontos.

Outro fator relevante foi o quesito diferença de gols. Como sempre apostei em placares conservadores pontuava bastante nesse quesito.

4- Em que momento assumiu a liderança?

Rica, pode acreditar, mas em momento algum fui líder. A melhor posição que assumi foi a de 3° lugar em alguma rodada no meio da copa, depois despenquei para o 73° lugar e fui numa crescente até o fim.

Assumi a liderança apenas na última rodada, ou seja, na hora certa. Essa tática é a mesma utilizada por bons times no campeonato brasileiro de pontos corridos, haja vista o mengão em 2009: assumiu a ponta na penúltima rodada e saiu dali com o caneco.

5- Você apostou que o Brasil perdia pra Holanda?

Não. Apostei em uma vitória apertada de 2 a 1 para o Brasil. Mas me recordo de que no dia que fui inserir esse resultado titubeei e quis apostar em um empate. Porém mais uma vez o coração falou mais alto e apostei no Brasil.

6- Quem eram seus finalistas no começo da Copa?

No início da Copa apostei que Espanha e Brasil estariam na final. Mas depois da primeira rodada em que a Espanha perdeu para a Suíça e a Alemanha mostrou um ótimo volume de jogo, mudei de opinião me tornando um “vira folha” e passei a acreditar que a Alemanha faria a final com o Brasil.

7 – O que achou da Copa?

Sinceramente não pude assistir a todos os jogos da COPA, por isso minha análise é bastante superficial. Pude verificar que não existiu o nome da COPA, já que um polvo e uma gostosa do Paraguai chamaram mais a atenção do que qualquer jogador de qualquer equipe.

Das COPAS que já assisti, vejo que essa foi a que teve o nível técnico mais baixo e certamente daqui a alguns anos não conseguiremos lembrar sem consultar o Google qual (ou quais) foi o lance genial da copa de 2010 devido ao baixo nível técnico das seleções. Quem não se lembra do gol do Romário de cabeça contra a Suécia em 94? Ou da maestria de Zidane em 98 e 2006? Ou até mesmo da reaparição do Ronaldo em 2002?

Em minha opinião, esse campeonato foi marcado por arbitragens desastrosas, por um barulho ensurdecedor que vinha das arquibancadas e é claro pela alegria contagiante do povo sul africano.

8- Pode deixar um recado pra todos os seus fregueses. Menos pra mim, que parei de participar pra dar chances a vocês. RS

Quero agradecer a toda a galera que concorreu. Não pela disputa, mas sim pelo clima legal que era ir até a página do bolão e analisar a pontuação de cada um, sempre pensando como deixar os concorrentes para trás. Infelizmente ou felizmente, o posto de OGUM deixou de ser do Sr. Perrone e veio para Machado/MG. Reforço também, que o momento em que eu estiver tomando uma Brahma gelada no meu cooler vou me lembrar de todos vocês. rsrsrsrsr.

Deixo avisado para a galera que assim como o mengão, entrei nessa de cabeça, busquei a vitória. Vice é coisa de vascaíno. Aviso também que tenho 28 anos e muito bolão de Copa do mundo para participar e que daqui a alguns anos o meu filho ARTHUR (na foto comigo) irá assumir o reinado nos bolões.

Brincadeiras a parte, quero agradecer ao Rica pela atenção (o cara é muito gente fina!) e não poderia perder a oportunidade de dizer que admiro muito suas colocações futebolísticas. Sua imparcialidade me convence a cada dia mais que não devo assistir aos programas de mesa redonda na TV aberta.

Fica aqui o meu abraço e o meu muito obrigado.

abs,
RicaPerrone

Comentários