Home » Futebol » O frustrante Brasileirão 2011

O frustrante Brasileirão 2011

Eu sei que, como eu, você também esperava o melhor campeonato brasileiro dos últimos tempos. São craques espalhados por aqui, times fortes, técnicos top, entre outros. Mas lá se vão 23 rodadas das 38. Até agora, com pequenos detalhes que os separam… ninguém jogou bola pra ser campeão.

Passamos da metade do campeonato. Não há “o time”. Pior: Não há nem “os times” de forma contundente. Equilíbrio ou baixo nível?

Seria ousado eu arriscar uma resposta. O que tenho muito claro na minha frente é a memória do que vi até agora e as perspectivas do que eu achei que veria.

Eu não vi o São Paulo, que quase foi líder hoje, jogar mais do que 3 partidas com uma postura digna de campeão. Vive de lampejos e contra-golpes.

O Palmeiras, que também ficou o turno todo entre os primeiros, vive de bola parada e só. Joga um futebol fraquíssimo.

Corinthians e Flamengo tiveram um momento de bom futebol. Mas entraram numa sequência injustificável.

Pode jogar no técnico se o time cai de rendimento, perde alguns jogos, passa a atuar improvisando jogador, etc.  Agora, perder pra Bahia, Ceará, Atlético PR, Avaí…  o que o técnico fez? Deu laxante pros caras no vestiário?

Cadê o Santos? Cadê o Cruzeiro? Quem não meteu os dois no top 5 no começo do campeonato?

Sobram Vasco e Botafogo. Um que tem os méritos da situação nada agradável de se manter forte sem técnico, mas com uma inconstância ainda razoável. Por exemplo, tomar de 4 do América MG.

O outro, que vinha voando, resolveu apanhar de 5 nessa rodada.

Time que está voando perde. Mas não pode tomar uma goleada dessas em semana que passou falando em liderança e título.

Quem é que fez algo diferente até aqui?

Bom lembrar que Fluminense e Botafogo estavam quase trocando o técnico quando reverteram a situação em jogos incomuns. Um goleando rival, outro virando aos 45 do segundo tempo.

O Inter, que hoje começa a decolar, fez um turno pra lá de comum.

Cadê o Brasileirão que nós esperávamos?

Cadê o grande time, o grande craque, os duelos incríveis e a disputa por quem faz mais e não quem perde menos?

Arrastando-se há 23 rodadas, temos hoje 8 times grandes separados por menos de 10 pontos.

Você lê isso e pensa: “Caraca! Que puta campeonato!”.

Mas o que isso está nos dizendo na prática?

A muitos que somos “um futebol decadente nivelado por baixo”.

A mim que é duro motivar nego pra jogar 38 rodadas sendo que todo jogo tem a mesma importância e valor.

A correria vai ser no fim, onde vamos ver despontar o tal campeão.

Onde veremos diversos clubes cumprirem tabela pra estádios vazios.

E onde pensaremos: “Ah se tivesse mata-mata….”.

Mas não tem. Então, segue o enterro.

Quase que literalmente.

Porque o Brasileirão 2011 até aqui é duro.

Duro de assistir.

abs,
RicaPerrone 

Comentários