Home » + Chamada » O estranho foi em Abu Dhabi…

O estranho foi em Abu Dhabi…

Uma vez é sorte, duas talvez ainda seja. Por 2 meses pode ser fase. Por 6 é muito provável que seja trabalho.  Por mais de um ano torna-se indiscutível.  E então os resultados começam a flertar com a divino.

O Gremista gosta de Copas.  Ganhou as 3. Gosta de ser colocado em dúvida, montou um time de excluídos e os incluiu em sua história.

Trocou de estádio e carregou a alma na mudança.

Deu ao seu povo o que ele mais almejava: a América.

Gremista odeia o Inter, e ele esteve na série B. Quando de volta fez um campeonato estadual melhor até em virtude do Grëmio estar de ferias quase.  E no sonho mais perfeito do tricolor apaixonado ele sabia: vou chegar no sufoco, pego o Inter e os elimino.

Mais do que isso. Cruel, a vida fez com que o Inter pudesse evitar em casa até mesmo o confronto. Mas o Grêmio ganhou de novo e levou a decisao pras quartas.

Em casa, com baile de Jael, a ex-piada agora miss, o Tricolor atropela o Inter, dá olé, faz 3×0, vê o Arthur voltar a campo e fazer o dele.

Quando passa por Geromel, o Grohe salva. Quando todos esperam um chute, o Ramiro toca.  Quando o Jael parece que vai dominar de testa, passa de peito e de costas.

Que sonho é esse, gremista?

São fatos. Historia escrita e eternizada.  Diante disso tudo não paro de me perguntar: como que o Real Madrid conseguiu ganhar aquele jogo?

Sim, pois dentro do que o divino tem preparado para os tricolores o natural seria um 3×0 com expulsão do Cristiano e dois gols do Luan.

Fico feliz em ver tal história ser escrita. E com profunda pena de quem vier depois.  Eu nunca vi um Grêmio que dá tao certo como esse. Se combinar não sai tão bom. E se melhorar, acho que estraga.

abs,
RicaPerrone