Home » Futebol » Clubes » Inter » O ego x o cérebro

O ego x o cérebro

Pedrinho e Joãozinho brigam com a mãe para saber de quem é aquele bolo que está sobre a mesa.  Pedrinho jura tê-lo feito, enquanto Joãozinho diz que o fato de ter encontrado a massa pronta não quer dizer que o bolo não seja seu.

A mãe ouve, grita, fica nervosa, dá razão cada dia pra um. O tempo passa, os dois discutem, o bolo vai estragando sobre a mesa.

Até que Pedrinho sugere que o bolo vá ao forno enquanto discutem, assim, seja qual for a decisão final, teremos um belo doce para vender ou se deliciar.

Teimoso, Joãozinho diz que “ninguém toca no bolo até que a mamãe decida quem é o dono”.

E assim ele vai estragando, ficando menos saboroso e murchando.

A briga continua, pois já não se trata mais de um duelo pelo bolo ou seus “direitos” . Ja virou uma questão de ego, honra, passado e até infantilidade.

Joãozinho e Pedrinho se jogam na cara todos os brigadeiros feitos e trocados até então. E a mamãe ali, sem saber exatamente o que fazer pois o pai acha uma coisa, o tio outra, e assim a briga não tem fim.

Seja qual for a decisão, dificilmente deixará os 2 satisfeitos.  Seja como for, pra venda ou consumo próprio, é melhor deixar o bolo no forno, assim ele cresce e não estraga.

Mas burros, teimosos e infantis, Pedrinho e Joãozinho preferem brigar com o bolo sobre a mesa, ainda cru, cada vez menos saboroso e bonito.

Deixem o Oscar em campo. Seja qual for a decisão, tenha razão quem tiver, o fato dele atuar e jogar uma Olimpíada em breve só fará com que ele se valorize. Seja por um acordo, uma venda compartilhada ou até mesmo a manutenção do garoto num dos clubes,  que seja evoluindo, não desvalorizando.

Ou papai vai mandar os 2 pro castigo.

abs,
RicaPerrone 

Comentários