Se eu fosse presidente do Grêmio hoje jogaria na mega sena em nome do clube toda semana. A possibilidade de ganhar é enorme, porque não há nada que um gremista queira há mais de 1 ano que não seja real.

O desbunde continua. O roteiro pre determinado pelo tricolor para atropelar o rival na hora da decisão e ganhar o campeonato que ele sequer disputou está pronto. É fato. O Grêmio será campeão.

Tudo deu certo. Aliás, tudo dá certo desde a Copa do Brasil de 2016.  Eu sei que você pensou em Real Madrid e eu lhes digo que diante dos recentes jogos de brasileiros contra um dos 5 poderosos da Europa, 1×0 foi bem digno e anular o Cristiano foi bem divertido, inclusive.

Mas voltemos ao futebol que nos interessa, o nosso.

O Jael está dando passes de Arílson. O Everton virou Pedro Rocha só que já na época que ele finalizava. E o Ramiro resolveu chutar de longe e acertar.

Senhores, o Grêmio conseguiu ser campeão gaúcho goleando na final sem boa participação do Luan, o craque do time.

Ah mas expulsaram o Éder. Primeiro que mereceu. Segundo que o Eder é um dos piores jogadores que já vi jogar na vida. Não supervalorizem.

O Brasil fez tudo que podia, inclusive faltas para anular o Grêmio. Conseguiu. Mas as faltas tem limites, e quando estourou o limite…. acabou o milagre.

O pior é que o grupo da Libertadores é fácil, a Copa do Brasil só mais na frente, o Brasileirão é por pontos corridos e isso significa que pode pensar na Copa, Tricolor. Até agosto tu não pára de sorrir de jeito nenhum.

abs,
RicaPerrone