Home » Futebol » Clubes » Corinthians » O complô dos alucinados

O complô dos alucinados

Bola rolando no Pacaembu. Em campo duas camisas pesadas, duas forças do futebol nacional e, portanto, clubes mais ajudados do que prejudicados pela arbitragem ao longo dos anos.

Todo grande clube é mais ajudado do que prejudicado pelo simples fato de que a intimidação é parte da “camisa”.  Quanto maior você for, mais medo terão de você.

Até ontem o “time da mídia”, “ajudado pela Globo”, “ajudado pela CBF”, etc e tal era o Flamengo.  Mas agora, sem penaltis a seu favor, com alguns erros até contra, o alvo muda.

Vem o plano B e o Corinthians surge como beneficiado padrão.

Se vencer, foi o juiz. Se perder, é muito ruim.

Logo no começo o arbitro inventa um pênalti que nem o Andres daria. Ele deu, e errou.

No exato momento em que Chicão pegava a bola, o mundo anti-corinthians soltava suas pérolas estúpidas sobre a manipulação de resultados no futebol.

Torcedores com problemas sérios, pois só sendo bastante estranho pra ter certeza que algo é “comprado”, “armado”, “vendido” ou seja lá o que for, e ainda assim passar horas do seu dia discutindo, analisando e torcendo por isso.

Eu jamais entraria numa padaria sabendo que o pão é envenenado. Mas eu não sou maluco, tem gente que é.

O Timão faz boa partida e poderia estar vencendo até por mais quando o Grêmio começa a reagir. Joga um bom final de primeiro tempo e empata.

Os donos do complô não se calam, porque quando a razão vai pro espaço sobra pouca coisa além de vomitar palavras.

O Timão faz 3. Ganha o jogo, resolve tudo.

O juiz expulsa dois, depois de ter anulado 2 gols alvi-negros no primeiro tempo. O Grêmio diminui e pressiona até o ultimo minuto.

Sem mais argumentos diante de uma “armação” tão mal feita, os donos do complô falam que foi pra “compensar”.

Eles dizem que o Corinthians teve 7 penaltis a seu favor, e sequer os questionam, pois argumentam apenas falando da quantidade.

Não me lembro da lei que proíbe um time de ter X penaltis por temporada.

É estranho o Corinthians ter tido 7 penaltis no turno? Não. Estranho é o Flamengo não ter tido nenhum.

Mas estranho não significa “roubo”, “armação”, etc.

Juizes são ruins. Muito ruins.

Erram pra você e contra você.

Pro rival, só erram pra você. Pra você, só erram contra.

O palmeirense jamais vai notar o jogo que o Corinthians for prejudicado. Mas vai guardar como uma reliquia de familia as ajudas que receber.

O Corinthians venceu um jogo dramático sobre o Grêmio no Pacaembu.

Porque jogou melhor, porque mereceu, e TAMBEM porque o juiz errou na marcação de um pênalti.

Se pra você isso é um complô, um roubo, uma armação e quem não percebe é um idiota, imagine então o que será o cara que gasta dinheiro, tempo e argumentos todo santo dia pra discutir algo que ele jura estar pré-definido?

Mas lembre-se: Todo campeonato é armado. Menos o que o meu time ganhar.

Esse não. Esse foi na garra, na bola.

O juiz? Ah… ele errou, mas quem não erra?

Né?

É.

abs,
RicaPerrone 

Comentários