Home » Outros Esportes » Fórmula 1 » O campeão razoável e o vice sortudo

O campeão razoável e o vice sortudo

Jenson Button não é genial. É bom piloto, como 90% dos que chegam a F-1, e soube ganhar um titulo, como 1% dos que passam por lá. Tivemos Hill e Villeneuve ganhando títulos recentes, o que não torna a conquista do Button uma novidade absurda.

Ele é bom, tem méritos, mas não é um fora de série. Fez uma corrida fantástica domingo, e mereceu o titulo simplesmente porque deu um baile no seu companheiro durante o ano. Foi o melhor da temporada, venceu. Sem grandes teorias.

Barrichello, por sua vez, segue sua maré de sorte. Com aquela postura e aquele talento comum, igualzinho o de Frentzen, Fisichella, Irvine e tantos outros que por lá passaram para fazer figuração, o brasileiro segue forte na midia por aqui e segue fazendo o de sempre lá.

Perde, perde, perde e culpa deus e o mundo. Dizem que ele é azarado. Pra mim ele é um baita de um sortudo de ter tanto nome e estar a tanto tempo na F-1. Nunca vi figurante fazer tanto sucesso em novela quanto o Rubens faz na categoria. Só aqui, é verdade. La fora é tratado como tratavam Couthard, Irvine e outros comuns. Mas, aqui, a Globo puxa a sardinha pra vender os GPs.

Perdeu o titulo não porque é azarado. Perdeu porque tomou um pau de um companheiro que até ano passado era considerado uma farsa na F-1. Como perdeu quase sempre. Antes era o Schumacher, depois a equipe. No começo a Jordan dava azar. Depois outras tantas deram azar. Agora foi culpa do… deixa eu pensar… do pneu? Da gripe suina? Sei la o que ele vai sugerir pra camuflar seu talento comum.O Button fez 6 vitorias e 4 poles. Incontestavel merecimento sobre alguem que fez 1 pole e ganhou 2 corridas. Só no Brasil que alguem pode sugerir que o Rubens mereça o titulo mais que o ingles…

Rubens tem historia na F-1 e merece algum respeito, claro. Mas, ao contrario do que adoramos sugerir em nome da fé, não passa de um bom piloto como outros 200 que já passaram por la.

Em 2010, num carro novo, com um companheiro comum, Rubens não fez uma bela temporada. Rubens PERDEU um titulo que tinha tudo pra cair no colo dele.

Mas, até pra cair no colo a vida escolhe com cuidado.

Com sorte, fica na F-1 mais um ano. Com naturalidade, vai guiar na Stock Car. E com o tempo você ouvirá ele dizer: “Estou me adaptando, mas a equipe dá preferencia pro Lousacco, assim fica dificil”….

Rubens criando expectativa e se justificando no fim é a verdadeira “historia sem fim” da F-1.

abs,
RicaPerrone

Comentários