Home » Futebol » Botafogo » O bom clássico que poucos viram

O bom clássico que poucos viram

Flamengo e Botafogo se enfrentaram no Engenhão e deu empate. Apenas 10 mil pessoas foram ao estádio, sendo 6 mil pagantes. Público mediocre e pouco justificável para o jogo, que tinha tudo para ser no Maracanã e com casa cheia. Mas, por motivos diversos, ficou sendo no Engenhão, que é a Arena Barueri do Rio. Estádio moderno, bacana, mas que afasta o público.

O jogo, em si, muito bom de assistir. Movimentado, cheio de alternativas, corrido, com os dois times buscando o gol. Aí mora o problema.

O Botafogo recuou demais, e o Flamengo achou o gol no finalzinho, que acabou dando justiça ao placar.

Primeiro tempo, bela atuação do Bota, que calou muita gente que dizia ser um time que só sabe jogar no cruzamento. Meteu no chão e chegou com perigo, mesmo sem Abreu. O Fla, que ia bem até tomar o gol, assustou e não se encontrou mais.

Gol este que, diga-se, foi irregular. O penalti foi fora da área.

Primeiro tempo termina empatado porque Adriano marcou.

Na segunda etapa, em jogo disputado e equilibrado, o Bota fez 2×1 com Herrera, que vive grande fase.

O Flamengo foi pra cima de forma desordenada. Meteu a bola na área, tentou cruzar, e o Fogão foi recuando, recuando, recuando…

Num momento do jogo, lá pros 40, o Flamengo tinha marcação apenas no bico da área, onde estava o time todo do Bota. Aí é pedir né?

Uma hora um chutão entra, um escanteio, uma falta. Nao se recua dessa forma.

Love perde 2 gols, e tudo parecido perdido.

Aos 47, ultimo lance, Adriano de cabeça empata o clássico.

Joel fez tipo, ficou bravo com o juiz. Nem ele deve saber o motivo, mas ficou.

Fim de papo. Jogo bom, torcidas satisfeitas com o que assistiram, pena que pouca gente pagou pra ver.

Para os dois, nenhuma consequencia relevante. Seguem em paz com suas torcidas e nada ameaçados nos estaduais.

abs,
RicaPerrone

Comentários