Home » Futebol » Novela Tricolor

Novela Tricolor

Na noite de quarta-feira a corneta tocou forte. Ao final do jogo contra o Prudente, influentes diretores e conselheiros deixaram claro ao Juvenal que não queriam mais Ricardo Gomes. O presidente disse que “resolveria”, mas não prometeu nada.

Ainda ontem a noite, ligaram para diversos treinadores para saber as possibilidades. E quando digo “ligaram”, me refiro a diretores e empresários, que nessas horas falam em nome de clubes sem que a gente saiba se é oficial.

Dos nomes sugeridos, alguns melaram. Luxemburgo e Adilson teriam dito que “não podem”. Silas foi vetado pela fase no Grêmio.

Sérgio Soares é um nome que agrada Juvenal, mas é uma aposta arriscada pra agora. Apesar de ganhar pouco.

Autuori é o queridinho de muitos, mas também é caro e de difícil acerto. Leonardo mesma situação, com alguma rejeição como técnico.

Então, surge Dunga.

O nome agrada o presidente, agrada alguns diretores. Outros tantos não. Mas, Juvenal não tem ouvidos. Ele faz o que bem entende e no SPFC manda só ele. Portanto, se ele quiser, mantém o Ricardo sem consultar ninguém e quebra a perna de todos os demais diretores e conselheiros do clube.

Aliás, fez isso 3 vezes com Muricy. Deu certo.

Juvenal gosta do Ricardo.

Dunga não quer trabalhar até dezembro. Mas… é um clube grande, a chance de mudar a imagem recente da Copa, enfim.

Na linha de “não tremer”, é impossível achar que alguém que acaba de sair da Copa terá qualquer tipo de “medo” de uma semifinal de Libertadores. Dunga cabe nesta filosofia, assim como tem fama de durão, que exige e cobra do time.

No SPFC tem alguns jogadores acomodados, o que incomoda a diretoria.

Hoje, as 15h, a informação que tenho é essa: O SPFC tem uma lista de nomes e conversa com vários. O preferido seria o Dunga. Alguns já recusaram, outros pediram alto, enfim.

Se não der certo com quem o Juvenal quer ou aprova, ele mantém o Ricardo e dane-se a diretoria toda. Ele é assim, não tem vergonha de bancar sozinho o que pensa.

Ainda nesta linha entram os empresários que oferecem técnico. E isso deve acontecer hoje o dia todo. Quem sabe alguém agrade?

Neste momento a diretoria do clube quer outro técnico, o Juvenal não sabe o que quer e as respostas dos preferidos vão determinar se Ricardo cai mesmo ou se ganha uma “hora extra” lá.

O dia está movimentado no Morumbi. Se não fosse semifinal de Libertadores o Milton Cruz já estaria dirigindo o time. Como a situação é delicada, estão tentando contornar sem “piorar” o clima interno.

Aguardemos. Mas eu diria que se o Dunga QUISER, ele será o treinador. O duro é ele querer sair de casa agora, com o pai doente, encarar a imprensa de novo e ainda por cima encarando o seu Inter.

Eu sei que o torcedor quer ler “o técnico é TAL”. Mas não gosto de fazer isso porque o futebol costuma fazer a gente de bobo. Um negócio fechado muda em 1 telefonema, um detalhe, um centavo. Por isso prefiro nunca bancar possibilidades.

abs,
RicaPerrone

Comentários