É muito fácil agora fazer cara de susto e ver o Vasco perder pra atual campeã do Clausura do Chile.  Vai continuar sendo estranho se amanhã ou depois o Vasco, de surpresa, virar chacota. É um hábito estúpido que temos por aqui e que não vai mudar tão cedo, parece.

O Cruzeiro é campeão da Copa do Brasil reforçado. O Racing foi quarto no Argentino 2016/17 e agora é quinto disputando paralelamente a Libertadores, tendo negociado essa semana um jogador por 100 milhões.

Ou seja, o Vasco é a surpresa. Mesmo com a camisa igual ou maior que os citados, o time se classificou já de forma pouco provável, fez uma pré Libertadores assustadora com goleadas aplicadas e sofridas e, sabemos, é um time limitadíssimo.

Poderia vencer ontem? Poderia. Mas da mesma forma que poderia e perdeu o jogo.

Essa Libertadores não cabe a Vasco ser cobrado. Não é um time pra estar ali e brigar por isso. Se o fizer, será como o Botafogo de 2017: surpreendente.

Teve virose, falhas individuais, uma atuação acéfala do ataque. Mas não é possível que isso tudo cause a reação de espanto e “fracasso” do pós jogo.

Sejamos coerentes. O Vasco nunca planejou estar nessa Libertadores. E quando soube que estaria, mal sabia quem seria seu presidente, imagine os reforços, o time, etc.

Qualquer coisa nessa Libertadores é lucro. E quando nada se espera, não tem porque se decepcionar.

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.