Não acho que o Vasco tenha jogado mal. Embora o que ele veja hoje como “melhora” ainda seja bem distante do aceitável pra um clube desse tamanho. Mas também não vou entrar na pilha dos chutes a gol pra dizer que o resultado foi injusto.

Injusto foi o pênalti não marcado pro Botafogo. Sem VAR, vá lá. Com VAR, não tem explicação.

O Vasco melhorou. Mas o atacante do Botafogo matou no peito uma bola que passou por cima da cabeça da zaga do Vasco. Isso não pode ser normal.

Gostaria de ver no Rossi o que alguns vascaínos enxergam. Não consigo.

E mesmo achando o time do Vasco bem melhor do que a posição que ocupa, é a teoria do elefante na lama. Se fosse pequeno saia, como é pesado se afunda na medida em que tenta reagir.

É cedo. Pra ambos.

Mas o Botafogo já fez muito mais do que dele se espera. E o Vasco, não dá nem pra dizer que fez “menos”, pois de fato não fez  “nada” ainda.

O jogo de hoje deixou os dois no lucro. O Botafogo pela campanha que nem o mais otimista torcedor esperava. E o Vasco por não ter tomado o segundo no lance de indiscutível pênalti ignorado pela arbitragem.

RicaPerrone

Compartilhe!