Home » Futebol » Nem a pau!

Nem a pau!

Era o prato cheio pra qualquer lado. Um fazia 100 anos, festa, grande fase, timaço… jogando em casa, diante do maior rival. Tudo perfeito pra comemorar. Ou não..

Porque o Grêmio ficaria de bem com a torcida pelos próximos 100 anos se conseguisse estragar a festa do Colorado, em pleno Beira-Rio, no dia seguinte do centenário.

Mas, em jogo equilibrado por natureza, o Inter desequilibrou em lances isolados. Tem mais time, muito mais. Não se pode condenar o Roth ou o time do Grêmio pelo placar, pois por mais que seja clássico, foi na casa do rival e contra um time bastante superior técnicamente.

O Inter completou a festa, tirou o Grêmio e deixou a Libertadores como argumento único do treinador tricolor. Para ajudar, a mídia abriu espaço pro Renato se candidatar ao cargo indiretamente, o que deve causar alguma euforia por parte de alguns torcedores, já que Renato é Deus no Olímpico, com todos os motivos do mundo, diga-se.

O Grêmio tentou. O Inter encheu o peito e disse: “Nem a pau!”

O centenário foi perfeito. Como o Inter merecia que fosse.

abs,
RicaPerrone

Comentários