Home » Futebol » Seleção » Natural de…?

Natural de…?

Não sou contra.  Se o sujeito cresce e vive num país diferente do que ele nasceu, qual problema em optar pela pátria?

Não gosto da idéia absurda de contratar jogador pra se naturalizar. E tem acontecido.

Na Copa de 98 o Paraguai ofereceu uma grana pra naturalizar o Serginho, lateral. Aquele, ex-SPFC, Milan…

Ele recusou. Esperou ir pra seleção e não foi.  Mas não faria sentido. Por mais que a lei permita, o futebol poderia tentar evitar.

Amanhã um país como o Catar vai querer comprar um time todo. E vai comprar.  Tá errado, descaracteriza.

Eu sou brasileiro, amo meu país e jamais mudaria de nacionalidade. Mas eu nasci e cresci aqui, não tenho história e laço algum com outro país pra saber o quanto isso pesa.

Não o condenarei por ser espanhol. Mas sim por ter jogado na seleção quando interessou.

Decisões desse tipo se toma uma vez na vida.   Não é porque aqui ficou difícil que eu vou me tornar de outra nacionalidade pra jogar a Copa.

Recusasse o primeiro convite. Vestiu a camisa, entrou em campo, pra mim, já era.

Vire espanhol. É justo. Mas não jogue pela seleção da Espanha. Aí sim, não me parecerá oportunismo.

Se permitirem essa, teremos um mercado de seleções começando entre os jogadores menos cobiçados.  E o futebol cada vez mais negócio.

Diego, espanhol, não deve vestir a camisa da Espanha.  Não por ser brasileiro, mas por já ter feito uso do fato de ter sido.

abs,
RicaPerrone

Comentários