Home » + Chamada » Não se trata de política

Não se trata de política

Essa não é uma discussão sobre direita ou esquerda.  Não deve ser, nem tem como ser. Todas as pessoas que tem na sua bandeira um lado estão cometendo um grave erro.

Trata-se de explicar pros filhos, de olhar na cara dos netos e tentar começar a moralizar um país sem moral, sem vergonha e sem valores éticos. Trata-se entender que mesmo estando errado por ter sido criado errado, esta disposto a mudar isso.

Sim, somos vítima. Todos nós. Em algum momento da nossa criação, seja em casa, na rua, na escola, no dia a dia ou apenas vendo televisão, nos foi enfiado na cabeça que temos que nos dar bem.  Em algum momento nos despertou o brasileiríssimo modo de agir em pensar apenas no “seu esquema”.

Outro dia estive numa ação com crianças no Recreio dos Bandeirantes. Nós dávamos uma pulseira por criança, e na hora de retirar os presentes tirávamos a pulseira de modo que ninguém ficasse sem e nem alguma criança recebesse dois brinquedos.

A maioria dos pais pegava a pulseira do chão e tentava colar de novo pra criança levar dois pra casa.

Tem culpa esse menino de pensar assim? Teve culpa o pai, que foi criado assim?  Até tem. Mas não sozinho.

Em algum momento vamos ter que virar essa chave. E quando você combate a condenação do Lula com “voce votou no Aécio”, por exemplo, significa que você não entendeu nada.

O sujeito que passa a saber que seu voto foi depositado num bandido e ainda assim defende esse bandido pelo mero orgulho de “ter razão” antes de ter dignidade e vergonha na cara, é também responsável pelo roubo.

Eu votei no Aécio. Não porque queria ele, mas na real votei contra o PT.  Quando Aécio foi desmascarado, eu jamais briguei por ele. Se pudesse, brigaria com ele. Porque me fez apostar errado.  E então, pelos valores dados pelos meus pais, quando sei que és um bandido, não terá mais meu apoio.

A obsessão por tirar o PT é também partidária, é claro! Mas não porque todos os demais são do PMDB, PSDB ou a puta que pariu. Mas porque é o efeito da banda Restart, lembra?  A banda não incomoda tanto, mas os fãs….

Você quer tirar o PT porque ele foi o partido que passou de uma quadrilha que desvia dinheiro pra quem destroi o pais de tanto roubar. Sim, houve diferença. Nunca foi tanto.  E foi exatamente de quem se fez em cima do argumento de dizer que “era diferente deles”. E não era. Ou era, sendo pior.

A alegria em vê-lo condenado nada tem a ver com apoiar esse ou aquele.  Acho que os não petistas querem todos presos, mas sim, querem mais o Lula. Porque?

Porque tem torcida organizada. Porque ele enganou mais gente. Porque quem não foi enganado por ele sente-se no direito de dizer “eu avisei”.

Não culpe quem votou errado e abandonou o candidato após saber que tratava-se de um bandido. Culpe quem votou, viu quem era e ainda assim ostentou a bandeira do ladrão até o fim.

Não é sobre política, meus caros. Falamos aqui sobre valores, índole, educação e princípios.  Pouco importa sua ideologia, mas ela não pode ser usada por partido algum para manipular massas e assaltar um povo.

Se por ideologia você chega a apoiar isso ou defende-los mesmo diante do irrefutável, talvez você seja como eles.

Eu não tenho filhos. Mas se tivesse, a coisa mais importante da minha vida seria poder olhar pra ele sem ter que desviar o olhar por vergonha do que sou, do que fiz ou de quem prejudiquei pra chegar onde eu cheguei.

Talvez pra alguns isso seja uma questão política. Pra mim é só caráter mesmo.

abs,
RicaPerrone