Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Missão cumprida

Missão cumprida

Vasco e Flamengo fizeram um jogo muito ruim no Engenhão. De todas as alternativas que imaginávamos antes do grande clássico, apenas a de um “jogo brigado” aconteceu de fato. Não houve técnica, não houve um grande time, nem um que tivesse merecido mais que o outro.

O Flamengo, com 10, pouco produziu. O Vasco, sem o técnico, provavelmente assustado e sem entender nada, só pode lamentar o penalti no fim. Pois também ficou devendo.

Se do lado rubro-negro a perda da defesa na primeira etapa fez com que “empatar fosse bom”, do lado vascaíno desconfio que a sensação tenha sido parecida após verem uma ambulancia do lado do gramado.

Eu não vou entrar naquele jogo de caçar culpados ou vilões. Até porque, hoje terminou o turno e os dois times estão muito fortes e vivos na briga pelo título.

Imagino que o Luxemburgo tenha optado pelo Wellington e não o Angelim em virtude da má forma física do ALex Silva. O Wellington vive uma fase trágica, mas é rápido. Deve ter sido essa a idéia, até porque não consigo imaginar outra.

O Wellington, de novo, se complicou. Foi expulso e o Alex se machucou. Sem reservas pra defesa, com Williams amarelado, era “jogar pra não perder”.

O Vasco ficou devendo na volta do intervalo. Mas do momento em que o Ricardo sentou no banco em diante, não acho muito razoável condenar o time por ter jogado menos do que precisava.

Deve ser um tanto quanto confuso olhar uma ambulância tirar seu técnico do banco e não saber o que houve, a gravidade, etc.  São jogadores, mas antes disso são pessoas como eu e você.

O clássico ficou pra segundo plano. E a qualidade dele idem.

Flamengo e Vasco fizeram um jogo ruim.

Flamengo e Vasco fizeram um primeiro turno muito bom.

Se hoje era “não perder” pelas circunstâncias do jogo, missão cumprida pra ambos.

abs,
RicaPerrone 

Comentários