Mais uma vez marginais usaram o pretexto do futebol para brigar e destruir coisas num estádio.  Universo paralelo as leis do país, ninguém será punido individualmente porque para a polícia e para a mídia “a torcida do ….”  é que brigou.

Enquanto não individualizarem os marginais e punirem será sempre rotulado como “a torcida do…” e as ações para a educação coletiva serão as toscas campanhas de paz promovidas por uma imprensa que fatalmente não vai a uma arquibancada há séculos, acreditando que as brigas partem de torcedores normais.

Jamais um marginal assistirá um programa do Sportv usando tarja pela paz e dirá “Porra, taí… parei!”.

Chega de hipocrisia. Já que de violência não vamos nos livrar tão cedo.

RicaPerrone

Compartilhe!
  • 9
    Shares